A lã mineral que escolhe tem certificação EUCEB?

By mgamboa@polys.com.pt
June 30, 2021

Quando passamos mais de 90% do nosso tempo em espaços interiores, a qualidade do ar que respiramos torna-se determinante para a nossa saúde. Na Knauf Insulation, saúde e sustentabilidade são pilares essenciais, pelo que a certificação EUCEB, voluntária e independente, é premissa obrigatória em todas as suas lãs minerais. Este é o único sistema que garante que as lãs são seguras para a saúde durante toda a sua vida útil.

Quando escolhe a lã mineral para um projeto, as certificações são um fator decisivo? As certificações são garantia de qualidade, não só para os resultados de isolamento térmico e acústico que pretende, mas também para a saúde dos habitantes do edifício.

Por isso a Knauf Insulation sempre apostou na sustentabilidade e garantia de qualidade de todas as suas lãs. Uma das mais importantes é a certificação EUCEB, uma iniciativa voluntária da indústria de lã mineral que garante que os produtos são feitos de fibras que não são classificadas como cancerígenas, o que significa que cumprem os critérios de isenção de carcinogenicidade (nota Q do Regulamento CE n.º 1272/2008 do Parlamento Europeu e do Conselho).

A Knauf Insulation apenas fabrica e comercializa fibras de lã mineral certificadas pela EUCEB, administrada por um organismo de certificação independente, a Belgium Construction Certification Association (BCCA).

Como é feito o controlo de qualidade? A Knauf Insulation fornece um relatório de ensaio elaborado por um dos laboratórios reconhecidos pela EUCEB, comprovando que as fibras atendem a uma das quatro condições de isenção previstas na nota Q da Diretiva 97/69 / CE, sendo que para além do controlo interno, cada fábrica é submetida pelo menos duas vezes por ano a uma auditoria feita por um organismo independente reconhecido pela EUCEB.

A utilização do selo "EUCEB" na embalagem de um produto garante ao utilizador a sua inocuidade.

Para além da certificação EUCEB, as lãs minerais da Knauf Insulation têm ainda certificação A+ para a qualidade do ar interior e o selo Eurofins "Gold”, o mais exigente do mercado em emissões de COV's, respeitando critérios adicionais voluntários para além dos exigidos pelo próprio organismo certificador.