Como vencer o calor com melhor conforto térmico

By mgamboa@polys.com.pt on June 12, 2021

É o início do verão no Hemisfério Norte e o momento perfeito para refletir sobre a importância da melhoria do conforto térmico dos nossos edifícios.

verao

Antigamente, na maioria dos países, os verões significavam férias e o luxo de dias mais longos. Hoje, o início do verão tornou-se um prelúdio para eventos climáticos extremos, pontuado por notícias de manchetes sobre incêndios florestais, ondas de calor e uma triste lembrança do impacto das mudanças climáticas.

Em 2020, o Hemisfério Norte teve o seu ano mais quente de todos os tempos, com 1,28ºC acima da média do século XX, com junho a agosto a baterem records.

Ar condicionado deve aumentar em dois terços até 2030

A Agência Internacional de Energia (IEA) afirmou que a procura por energia de arrefecimento mais do que triplicou desde 1990, para 8,5% do consumo total final de eletricidade global, “tornando-se o uso final de mais rápido crescimento em edifícios”.

Além disso, estima-se que existam dois biliões de unidades de ar condicionado em operação em todo o mundo, um número que deve aumentar em mais dois terços até 2030, à medida que mais pessoas nas economias emergentes investem para se refrescar.

Esse crescimento, por sua vez, está a levar à emergência da pobreza de combustíveis, onde cerca de 1,1 bilião de pessoas não tem condições de pagar pelo arrefecimento.

Os riscos para a saúde das ondas de calor estão bem documentados, especialmente entre os idosos ou aqueles com problemas médicos preexistentes, por isso é vital que haja um foco no conforto térmico humano. Num relatório do Reino Unido, estimou-se que até 20% das casas no país causaram super aquecimento para os ocupantes, com a média anual de 2.000 mortes relacionadas com o calor por ano, projetada para aumentar para 7.000 até 2050 como resultado das mudanças climáticas, aumento da urbanização e uma população mais envelhecida.

 

Tornar os edifícios resilientes ao clima

Então, qual é a solução? Como obter conforto térmico nos edifícios? Precisamos tornar os nossos edifícios resistentes ao clima e mais eficientes em termos de energia, melhorar a envolvente do edifício, entender como maximizar o conforto térmico, focar no potencial de redução de temperatura com uma abordagem holística dos edifícios. E para isso temos de fazer uma campanha implacável por políticas de economia de energia que nos ajudem a arrefecer os edifícios. A eficiência energética é uma das expertises da Knauf Insulation.

“Como primeira medida para reduzir a quantidade de energia necessária para o arrefecimento do ambiente, um projeto de construção adequado pode melhorar o isolamento térmico e reduzir a perda de ar ao incorporar componentes de construção avançados para a envolvente”, diz a IEA.

Para estar em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, todos os países precisam de estabelecer códigos de energia de construção obrigatórios. Infelizmente, quase dois terços dos países não tinham esses códigos em 2019, “o que significa que mais de cinco biliões de metros quadrados foram construídos sem requisitos de desempenho obrigatórios”, diz a IEA.

Melhorar a envolvente do edifício, com foco no conforto térmico dos edifícios, lutar por uma regulamentação de desempenho de construção ambientalmente responsável e tornar os edifícios mais resistentes ao clima estão no centro de tudo o que a Knauf Insulation faz. As nossas soluções, que variam entre lã mineral de rocha, lã mineral de vidro, lã de sopro e as nossas soluções Urbanscape Green Roof and Wall são particularmente eficazes no arrefecimento de edifícios.

“Por meio de níveis de isolamento mais altos e uma estanqueidade da envolvente eficaz, uma construção isolada assume o papel de um escudo térmico que no inverno reduz a perda de energia, e no verão , bloqueia as massas de ar quente. O efeito? No interior do edifício, a temperatura é equilibrada, o que contribui para manter o bem-estar dos utilizadores do edifício.”
Magdalena Pyszkowski, Gestora de mercado do grupo e chefe de serviços não residenciais

A importância de uma abordagem holística

Também reconhecemos as complexidades de criar um edifício eficaz em termos de energia. Dedicamos pesquisas para melhorar todos os aspetos do conforto térmico por meio da nossa nova empresa Knauf Energy Solutions, onde somos pioneiros em técnicas para garantir que as reabilitações dos edifícios cumpram o que é prometido - uma casa quente no inverno e uma casa confortável e fresca no verão -, introduzindo a tecnologia para a auditoria medir e demonstrar eficácia genuína.

Usando a nossa experiência em física de construção ao longo dos anos, também desenvolvemos acessórios complementares específicos - como camadas de controlo de vapor e membranas meteorológicas - que são necessários para atingir uma envolvente de vedação eficaz e permitir que os edifícios respirem melhor em qualquer clima, mantendo temperaturas internas confortáveis.

Também continuamos a recomendar a importância de uma abordagem holística para o arrefecimento de edifícios, desde a ventilação noturna, sombreamento de janelas e telas até à forma como os edifícios interagem com a sua envolvente, como a orientação ao sol ou o uso de árvores estratégicas e outra vegetação.

 

Renovação de 35 milhões de edifícios até 2030

A regulação também é uma ferramenta poderosa quando se trata de eficiência energética e conforto de construção. A Knauf Insulation incorporou o compromisso de Criar Melhores Edifícios na nossa estratégia de sustentabilidade e fez campanha consistente com os formuladores de políticas governamentais por uma abordagem eficaz para uma renovação profunda com eficiência energética que combina qualidade de desempenho e uma abordagem ambiciosa para a quantidade de edifícios a serem reabilitados.

Na Europa, por exemplo, a Comissão Europeia elaborou uma estratégia que visa renovar 35 milhões de edifícios até ao ano 2030 para combater as alterações climáticas, criar empregos e melhorar as condições de vida de milhões.

 É uma abordagem ambiciosa que poderia ser replicada em países que têm a procura por ar condicionado a disparar. As temperaturas globais estão a subir, o uso de ar condicionado está a acelerar e o número de pessoas que estão a ficar para trás devido à pobreza energética está a aumentar. Precisamos de “arrefecer” essas estatísticas. E precisamos de começar por tornar a envolvente do edifício mais eficiente em termos energéticos e focarmo-nos no conforto térmico dos edifícios.

 

Para ver como a Knauf Insulation está a trabalhar para introduzir uma melhor regulamentação de eficiência energética para edifícios na Europa, explore o nosso trabalho aqui. Para compreender como as nossas soluções podem melhorar a envolvente do seu edifício, clique aqui.