News

Knauf lidera o apelo da indústria para uma ambição maior no setor da reabilitação de edifícios em Espanha
By Anónimo on June 15, 2017

A Knauf com representantes da indústria da construção e de associações nacionais e europeias para pedir ao Governo espanhol que lidere umas políticas mais ambiciosas na reabilitação do parque de construção. 

 

15 de Junho de 2017 - A Knauf uniu-se a mais de 50 representantes da indústria da construção e de associações nacionais e europeias para pedir ao Governo espanhol que lidere umas políticas mais ambiciosas na reabilitação do parque de construção, numa mesa redonda organizada pela EuroAce (Aliança Europeia de Empresas para a Eficiência Energética na Construção) realizada ontem em Madrid.

O evento, patrocinado pela Knauf e Knauf Insulation, reuniu representantes da indústria, do governo e da Comissão Europeia para colocar sobre a mesa as oportunidades que a nova lei espanhola de transição energética oferece, sobre como implementar melhor a legislação europeia e de que maneira Espanha pode desbloquear o financiamento para a renovação energética. 

Espanha investe cerca de 60.000 milhões de euros por ano em energia primária, do qual um terço é utilizado na construção, e deste, 20% em casas. Cerca de 10 milhões das 23 milhões de casas espanholas foram construídas antes que o CTE (Technical Building Code) exigisse o isolamento térmico. Destes, atualmente cerca de 20% não tem isolamento e cerca de 2 milhões tem câmaras de ar vazias. 

"O potencial para modernizar o mercado imobiliário espanhol e melhorar a qualidade de vida de milhões de cidadãos com umas medidas simples como o isolamento é enorme. No entanto, se o impulso da reabilitação for marcada pelo mercado, será insuficiente ou, pelo menos, não será solicitado. As empresas consideram que o quadro regulamentar é o principal motor do desenvolvimento futuro do mercado e, portanto, é importante ter objetivos europeus ambiciosos e um quadro político nacional forte. ", disse Siân Hughes, Diretora de Assuntos Externos Europeus do grupo Knauf.

A Knauf e outras organizações assinaram uma declaração que inclui um apelo ao governo espanhol para transpor, implementar e reforçar as Diretivas Europeias (EPBD e EED) e criar melhores programas financeiros adaptados para a reabilitação energética, incluindo uma melhor alocação e aproveitamento das atuais e futuras medidas de financiamento Europeias e a utilização de ferramentas de apoio fiscal. 

"O atual CTE (Technical Building Code) marca os parâmetros mínimos para obter uma construção "legal". A transposição da EPBD e da EED através da nova versão deste CTE, tem que significar uma mudança de mentalidade de todos os agentes para passar de um requisito mínimo a um padrão máximo de eficiência energética. Para conseguir isto tem que haver uma relação entre a ventilação, a hermeticidade e o isolamento, tornando o nosso edifício sustentável e saudável", concluiu Pablo Maroto, diretor de Marketing da Knauf Espanha. 

Espanha é um dos países da Europa com maior dependência energética, com um índice de 73%, superado apenas por Itália com um índice de 81% (Alemanha 61%, França 48% e Reino Unido 42%).

mesa redonda organizada por EuroAce