Media ambiente
A nossa Jornada de Melhorias

 

ENERGIA E EMISSÕES RELACIONADAS

Menos 21,3% de energia gasta e menos 21,9% em emissões relacionadas, em comparação com 2010. 

Em 2010 a empresa comprometeu-se a reduzir o uso de energia e as emissões de CO2 em 20% até 2020 e atingimos essas metas quatro anos antes do prazo final, em 2016. Em 2018, melhoramos a eficiência energética em mais 0,9% e as reduções de CO2 em 1,4% em comparação com o ano anterior.

Philippe Coune, Group Environmental and Western Europe Regional HSE Manager, disse:
“Ao longo de 2018, todas as nossas fábricas estavam a operar com capacidade máxima - 24 horas por dia, sete dias por semana - e a empresa desfrutou de um ano recorde".

“Apesar disso, continuamos a reduzir os nossos níveis de energia e emissões, principalmente nas nossas fábricas de lã mineral de vidro. Esta é uma conquista significativa e um crédito para todos nas fábricas ".

"É também uma homenagem ao sucesso da melhoria contínua que garantiu a continuação deste período sustentável, apesar das nossas fábricas estarem a fazer horas extras".

SEGURANÇA

 

Menos 52% de acidentes no trabalho em comparação com 2010

Atingimos o nosso compromisso de reduzir em 50% os acidentes no trabalho (que resultam numa paragem do trabalhador por 1 ou mais dias), três anos antes do previsto, em 2017.

Em 2018 continuamos a melhorar, reduzindo para 48% os acidentes em comparação com os nossos números de 2010. Este é o resultado de termos zero complacência com a transgressão das regras de segurança e um entendimento completo de cada um dos incidentes que levaram (ou não) a uma lesão dos nossos funcionários ou contratados.

A próxima área de melhoria de segurança, já em andamento em toda a empresa, é enfrentar o desafio cultural do comportamento.

RESÍDUOS

Resíduos para aterros sanitários diminuíram 68,4% em relação a 2010

Desde o ano de referência de 2010 evitamos o envio de 243.000 toneladas de resíduos para aterros, como resultado de iniciativas de reciclagem externa e internamente.

A nossa redução de resíduos em 2018 caiu 68,4% em comparação com o ano base de 2010 e marca uma melhoria de 4,7% em 2017.

Infelizmente, o desperdício continua a ser um grande desafio para a empresa e para o setor da construção em geral. Na maioria de nossas fábricas de lã mineral de rocha, a briquetagem - o processamento de resíduos em blocos para reciclagem - é feita fora ou no local com um aumento do pagamento ambiental pela emissão de óxidos sulfúricos (veja abaixo).

Enquanto isso, embora muitas empresas externas usem resíduos das nossas fábricas de lã mineral de vidro como matéria-prima, queremos envolver-nos mais em iniciativas de reciclagem. Também gostaríamos de receber mais apoio das autoridades e regulamentação para dar mais impulso às iniciativas de reciclagem da empresa.

 

ÓXIDOS SULFÚRICOS E ÓXIDOS DE NITROGÉNIO

Os óxidos sulfúricos diminuiram 0.2%  e os óxidos de nitrogénio 51.3% desde 2010

A emissão de Óxidos de Nitrogénio foram reduzidos em 51,3% desde 2010 e o nosso indicador de 2018 caiu 11% em relação a 2017.

A redução ocorre como resultado da produção maximizada, apoiada por melhorias de eficiência e novos equipamentos, particularmente no que diz respeito à nossa tecnologia de fusão, melhor planeamento de manutenção da fábrica e melhores configurações.

A emissão de óxidos sulfúricos, no entanto, aumentou 11,9% em 2018 em comparação com o ano anterior, como resultado dos níveis recordes de produção e uso inevitável de mais conteúdo reciclado.

Infelizmente, o processamento de mais briquetes reciclados e casco de vidro resulta inevitavelmente em níveis crescentes de emissões de óxidos sulfúricos. É um equilíbrio delicado que requer uma gestão cuidadosa.

 

USO DE ÁGUA

O uso de água diminuiu 23,5% e as descargas de água 75,4% desde 2010

Em toda a Knauf Insulation reduzimos em 0,7% o consumo anual de água. Como resultado da reutilização de mais água nos nossos processos de circuito fechado, particularmente nas fábricas de lã mineral de vidro, reduzimos o nosso uso para 76,5% em comparação com os níveis de 2010.

Em 2018, a descarga de água aumentou 5,6% em relação ao ano anterior, mas no geral reduziu drasticamente em 75,4% desde 2010. Atingimos a nossa meta de redução de 50% de descarga de água em 2012 - oito anos antes do prazo de 2020.

 


Estes dados dizem respeito à Knauf Insulation, parte do Grupo Knauf, e são baseados nos dados de 2018 e nas atividades de 2018 e 2019. Para maior precisão, podemos vir a alterar os números anteriores.